Passeio em Carolina: O que fazer no segundo dia?

Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias?

5 de julho de 2019

Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias?  Para quem pensa que no Maranhão só tem lagoas e dunas, está muito enganado, no Sul do Maranhão tem trilhas e cachoeiras lindas. O cerrado Maranhense vai do Sul ao Nordeste do Maranhão, na região das águas, em cidades como Imperatriz (a segunda maior do estado), Carolina, Riachão e Estreito.

 

Neste artigo falaremos sobre o Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? A cidade de Carolina é uma delas, fica aproximadamente a 860 km de São Luís-MA. E lá estão localizadas muitas belezas naturais. Vale a pena visitar o Parque Nacional Chapada das Mesas, terra de planaltos, nascentes de vários rios maranhenses e de quedas d’água paradisíacas. Umas dessas quedas são o Poço Azul, a Cachoeira de Prata, Cachoeira Santuário e o Santuário Ecológico de Pedra Caída, um dos principais destinos para amantes do ecoturismo e para quem busca paz na natureza.

 

Existe também um passeio sustentável realizado na vereda bonita, localizado a 2 km do complexo da Pedra Caída. Não cheguei a realizá-lo mas ele custa 150 reais e tem paisagens incríveis. Passeio naútico e trilhas. +55 11 98088-5252 WhatsApp.

 

Ao todo são 25 cachoeiras catalogadas sendo 7 abertas à visitação, com temperatura ideal para banho durante o ano todo. Você poderá desfrutar de rios cristalinos, piscinas naturais e cânions de tirar o fôlego. Todos com acessibilidade através de trilhas suspensas e com serviço de guia. Veja o nosso Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias?

 

Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? – Primeiro dia

Saímos por volta das 19h00 de São Luís e fizemos a primeira parada às 8:30 para tomar café, onde custa 15 reais o café. De lá seguimos em outro ônibus para Riachão e levou cerca de uma 1h45 minutos.

 

Enfim chegamos no Poço Azul! Ele está localizado no município de Riachão, a aproximadamente 28 km do centro da cidade. O Complexo Turístico Poço Azul é considerado uma das seis maravilhas do estado do Maranhão, pois surpreende de forma positiva a todos os seus visitantes.

 

Para ter acesso é preciso pagar uma taxa de 60 reais, entretanto estudantes e idosos pagam meia. Lá existe restaurante self service e chalé para quiser pernoitar.

 

Para chegar ao famoso Poço você faz todo o trajeto em uma passarela de madeira. Por esse motivo eu indico ir de havaianas ou tênis.

Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? Para quem pensa que no Maranhão só tem lagoas e dunas, está muito enganado, no Sul do Maranhão tem trilhas e cachoeiras lindas. O cerrado Maranhense vai do Sul ao Nordeste do Maranhão, na região das águas, em cidades como Imperatriz (a segunda maior do estado), Carolina, Riachão e Estreito. A cidade de Carolina é uma delas, fica aproximadamente a 860 km de São Luís-MA. E lá estão localizadas muitas belezas naturais. Por exemplo, é um pecado não conhecer o Parque Nacional Chapada das Mesas, terra de planaltos, nascentes de vários rios maranhenses e de quedas d’água paradisíacas. Umas dessas quedas são o Poço Azul, a Cachoeira de Prata, Cachoeira Santuário e o Santuário Ecológico de Pedra Caída, um dos principais destinos para amantes do ecoturismo e para quem busca paz na natureza. Existe também um passeio sustentável realizado na vereda bonita, localizado a 2 km do complexo da Pedra Caída. Não cheguei a realizá-lo mas ele custa 150 reais e tem paisagens incríveis. Ao todo são 25 cachoeiras catalogadas sendo 7 abertas à visitação, com temperatura ideal para banho durante o ano todo. Você poderá desfrutar de rios cristalinos, piscinas naturais e cânions de tirar o fôlego. Todos com acessibilidade através de trilhas suspensas e com serviço de guia. Primeiro dia Saímos por volta das 19h00 de São Luís e fizemos a primeira parada às 8:30 para tomar café, onde custa 15 reais o café. De lá seguimos em outro ônibus para Riachão e levou cerca de uma 1h45 minutos. Enfim chegamos no Poço Azul! Ele está localizado no município de Riachão, a aproximadamente 28 km do centro da cidade. O Complexo Turístico Poço Azul é considerado uma das seis maravilhas do estado do Maranhão, pois surpreende de forma positiva a todos os seus visitantes. Para ter acesso é preciso pagar uma taxa de 60 reais, entretanto estudantes e idosos pagam meia. Lá existe restaurante self service e chalé para quiser pernoitar. Para chegar ao famoso Poço você faz todo o trajeto em uma passarela de madeira. Por esse motivo eu indico ir de havaianas ou tênis. Toda trilha para o Poço Azul é feita por calçada, são 800 metros de passarela suspensa de madeira que também leva para as cachoeiras: Cachoeira de Santa Barbara, Cachoeira de Santa Paula, Gruta de Santa Bárbara e Cachoeira dos Namorados. Durante a trilha, os turistas podem desfrutar de belas vistas de dois mirantes, relaxar em redes de um quiosque próximo da cachoeira e descartar o lixo nas lixeiras disponíveis pela trilha. Seguimos para Cachoeira do Moreno, que é uma pequena fonte de água. Logo em seguida para a Cachoeira de Santa Paula, Gruta de Santa Bárbara. Por último o famoso Poço Azul! Para quem não sabe nadar, deve tomar muito cuidado. De qualquer forma no Poço Azul existem muitas pedras e água é cristalina. Por isso quando bate o sol forma uma paisagem incrível. Após o almoço fomos conhecer a Cachoeira dos Namorados, porém não gostamos. Por esse motivo retornamos e pagamos 10 reais para ir ao Encanto Azul de ônibus. Encanto azul No Encanto Azul a taxa para a entrada custa 30 reais, assim como a última, estudante meia entrada. Para chegar ao Encanto Azul seguimos por uma trilha de pedra e areia e logo depois em uma passarela de madeira bem longa. O encanto azul tem mais de 7 metros de profundidade. Ou seja, perigoso para quem não sabe nadar, além disso uma água bem fria, tem que ter coragem. Caso sinta necessidade, lá são vendidos óculos e alugam-se coletes e outros acessórios. Ficamos no Encanto Azul cerca de mais ou menos uma hora. Tomamos banho no Chalé e seguimos para o ônibus até o Poço Azul. Chegando lá pegamos o mesmo ônibus que viemos e seguimos para Carolina. Ela é uma cidade pequena com cerca de 25 mil habitantes. Tem Praças com músicas de pagode e músicas antigas. Lá você encontra pizzarias, e lugares para lanchar, ou seja tudo que precisa.

 

Toda trilha para o Poço Azul é feita por calçada, são 800 metros de passarela suspensa de madeira que também leva para as cachoeiras:  Cachoeira de Santa Barbara, Cachoeira de Santa Paula, Gruta de Santa Bárbara e Cachoeira dos Namorados.

 

Durante a trilha, os turistas podem desfrutar de belas vistas de dois mirantes, relaxar em redes de um quiosque próximo da cachoeira e descartar o lixo nas lixeiras disponíveis pela trilha.

Cachoeira de Santa Paula
Seguimos para Cachoeira do Moreno, que é uma pequena fonte de água. Logo em seguida para a Cachoeira de Santa Paula, Gruta de Santa Bárbara. Por último o famoso Poço Azul!

"<yoastmark

Cachoeira de Santa Barbara

O que fazer em Carolina em 2 dias

Cachoeira de Santa Barbara

 

Para quem não sabe nadar, deve tomar muito cuidado. De qualquer forma no Poço Azul existem muitas pedras e água é cristalina. Por isso quando bate o sol forma uma paisagem incrível.

O que fazer em Carolina em 2 dias

Poço Azul- Edy Serra

Após o almoço fomos conhecer a Cachoeira dos Namorados, porém não gostamos. Por esse motivo retornamos e pagamos 10 reais para ir ao Encanto Azul de ônibus.

 

Encanto azul

No Encanto Azul a taxa para a entrada custa 30 reais, assim como a última, estudante meia entrada. Para chegar ao Encanto Azul seguimos por uma trilha de pedra e areia e logo depois em uma passarela de madeira bem longa.

Encanto Azul

O encanto azul tem mais de 7 metros de profundidade. Ou seja, perigoso para quem não sabe nadar, além disso uma água bem fria, tem que ter coragem. Caso sinta necessidade, lá são vendidos óculos e alugam-se coletes e outros acessórios. Ficamos no Encanto Azul cerca de mais ou menos uma hora. Tomamos banho no Chalé e seguimos para o ônibus até o Poço Azul.

Encanto Azul

Chegando lá pegamos o mesmo ônibus que viemos e seguimos para Carolina. Ela é uma cidade pequena com cerca de 25 mil habitantes. Tem Praças com músicas de pagode e músicas antigas. Lá você encontra pizzarias, e lugares para lanchar, ou seja tudo que precisa. Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? Tudo que fizemos no primeiro dia!

Passeio em Carolina: O que fazer no segundo dia?

Após o café da manhã fomos para o complexo da Pedra Caída. Mas antes de chegar ao destino fizemos uma parada no Portal da Chapada onde paga uma taxa de 10 reais.  Leva-se mais ou menos uma hora para fazer o percurso. Isso porque a estrada tem muita areia, o que dificulta um pouco a caminhada. Passeio em Carolina: O que fazer no segundo dia?

Portal da Chapada das mesas

Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? Parte 2

Portal da Chapada

De lá seguimos para o complexo da Pedra Caída. O complexo da Pedra Caída tem uma ótima infraestrutura, piscinas com hidromassagem, piscina infantil, todas cercadas por bares e restaurantes. Além disso também existem playground, academia, salão de jogos, teleférico, pet hotel, heliponto, estacionamento e uma ambulância.

No complexo tem o guarda volume e cobram a taxa de 10 reais, você fica com a chave. Perto da piscina existe o vestuário feminino e masculino para tomar banho e se trocar. Para sua comodidade são três chuveiros e  dois espelhos no vestuário feminino.

A entrada custa 60 reais,  você recebe uma pulseira eletrônica e na hora de consumir qualquer produto é só informar sobre o produto e passar a pulseira. Muito cuidado para  não perder a pulseira.

 

 

Quando você adquire o acesso dentro do complexo você é livre para usar a piscina. Entretanto quando se trata de passeios é preciso agendar. Direcionamos para sala de guia, lá eles fazem uma rápida apresentação de cada  passeio e valores. Devido ao tempo ser curto fizemos o passeio da cachoeira do  santuário que custa 30 reais. Logo decidimos como seria o nosso  segundo dia!

 

Passeio em Carolina: O que conhecer no segundo dia?

Passeio da cachoeira do   Santuário

A grande atração do Complexo, é a cachoeira do Santuário, que leva esse nome devido a sua beleza ímpar. No Santuário a água despenca de uma altura de 46 metros, dentro de um grande cânion. Para chegar até a cachoeira é preciso fazer uma caminhada de cerca de 600 metros por uma trilha ecológica e andar por meio de uma grande falha geológica que formam enormes paredões (cânions) com aproximadamente 50 metros de altura.

Dicas do que levar para o passeio

  • Água para hidratar.
  • Calçados confortáveis: havaianas.
  • Evite levar mochilas, bolsas ou pertences que não possam molhar.

Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? Parte 2

A queda das suas águas sob o arenito friável, formou um longo processo erosivo datado de cerca de 60 milhões de anos. Durante o caminho os turistas fazem paradas, para refrescarem  com as águas minerais que jorram dos paredões dos cânions. Além disso apreciar a beleza que a natureza se encarregou de desenhar ao longo de mais de 60 milhões de anos, uma experiência incrível e única, que termina com a chegada ao SANTUÁRIO.

 

Uma dica importante é em relação ao uso de câmeras e celulares. Uma parte do passeio é com a água batendo no peito é o trecho mais fundos. Dessa forma, talvez seja melhor deixar os eletrônicos guardados.

Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? Parte 2

Se a informação da profundidade da água te assustou, fique tranquilo! Mesmo quem não sabe nadar consegue fazer o percurso graças a uma corda onde é possível se segurar e ao guia que acompanha e auxilia durante toda a travessia.  E assim como deixar as mochilas.

Cachoeira do Santuário

A cachoeira do Santuário vale muito a pena a visita. Sua água é tão deliciosa que a vontade é de não sair de lá nunca mais. Caí muito respingo de água parece que está chovendo por isso ficou impossível  continuar  fazendo as fotos.

Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? Parte 2

Preferimos não fazer foto da fonte do Santuário para não molhar a câmera.

Ponte do Pedro

No retorno  passamos pela Ponte do Pedro que é um pouco alta e não recomendada para quem tem medo de altura. É uma atração já inclusa nesse passeio.

Ponte do Pedro

 

De volta ao complexo almoçamos mas tivemos que enfrentar uma fila para isso. O restaurante é Self Service e funciona das 11h30 às 15h00.

Passeio de teleférico para fazer no segundo dia!

Logo depois do almoço fizemos um lindo passeio de teleférico. O passeio custa 60 reais e é possível ir sozinho ou em duas pessoas dentro da cabine.

Passeio de Teleferico

Na volta você pode voltar de teleférico ou de tirolesa. Quem escolhe voltar de tirolesa tem que enfrentar seus medos e escolher entre a tirolesa do pânico de 1200 metros ou a tirolesa do desespero, de 1400 metros. Infelizmente, não é possível pagar meia entrada nos passeios e esportes.

 O que fazer no segundo dia? – Pirâmide

Depois de descer do teleférico fomos conhecer a pirâmide feita de vidro. É uma atração muito bonita. Chama-se Pirâmide da Pedra Caída e é um lugar bastante calmo onde é possível praticar meditação. De lá de cima é possível contemplar toda a paisagem da Chapada das mesas.

Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? Parte 2

Mirante do Pedro

Por fim fomos conhecer o Mirante do Pedro, de onde é possível apreciar uma vista incrível.

Assim que voltamos lanchamos, tomamos banho, pagamos as contas e as 16h20 voltamos para São Luís. Chegamos por volta das 7h00 da manhã.
Passeio em Carolina: O que fazer em 2 dias? Parte 2 A estrada é um tapete,  muito boa mesmo então para ir de carro é tranquilo e mais econômico!  Na próxima vez irei dirigindo.

Custo da viagem

Pacote ida e volta com hospedagem e café manhã.

Taxas de entrada para o complexo da Pedra Caída e para o Poço Azul
R$410. Quem organizou a minha viagem foi a Agência DaLuz Turismo

O valor total da viagem ficou em média de  600 reais.

 

 

 

Este foi o nosso Passeio em Carolina: O que fizemos em 2 dias!

Você já esteve em Carolina ou pretendo fazer os passeios por lá?

Valores dos Passeios e Esportes

3 Dias nos Lençóis Maranhenses: Conheça os passeios e os preços

Escrito por

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*

  1. Rafaela Silva em 12 de julho de 2019

    Eu estou precisando ir para um lugar assim ♥
    Adoro passeios e atividades mais radicais e pelo visto por aí tem muito. Eu amei o post, ficou muito bem explicado.

    • Edy Serra em 14 de julho de 2019

      Obrigada Rafaela! Você vai amar é lindo! 🙂

  2. Patricia Monteiro em 12 de julho de 2019

    Confesso que não conhecia a cidade de Carolina mas já quero visitar! O local é um espetáculo, que cachoeiras maravilhosas! Com certeza é mais um belo local do Brasil que vale a pena conhecer.

    • Edy Serra em 14 de julho de 2019

      Patricia Monteiro, Sem dúvida é ponto turísticos que vale a pena conhecer. Tenho certeza que você vai gostar. 😀

  3. Andrea em 13 de julho de 2019

    Acho muito legal estes passeios em meio a natureza, em um dia quente a aventura pela água deve ser uma maravilha.

    • Edy Serra em 14 de julho de 2019

      Andrea, Amo esse contato com a natuzea é maravilhoso. 😀

  4. Joana Darc em 14 de julho de 2019

    Oi.
    Eu simplesmente amei este lugar ❤ um verdadeiro paraíso

  5. Alice Martins em 15 de julho de 2019

    Olá,

    Eu não conhecia Carolina, mas já amei esse post. Essas opções são incríveis, principalmente se voce busca se conectar com a natureza. Parece ser uma daquelas viagens que se tornam inesquecíveis em todos os seus momentos. E esse final mostrando os gastos foi incrível, adorei!

    Beijos!

  6. Erika Monteiro em 15 de julho de 2019

    Oi, tudo bem? Que post mais lindo. Deu até vontade de viajar de novo. Amo dicas de novos lugares ainda mais quando são tão lindos assim. Amei a Chapada das mesas. Com certeza um lugar que dará um ótimo ensaio fotográfico. Lindas fotos. Beijos, Érika =^.^=

  7. Elizandra em 17 de julho de 2019

    Legal a cidade, não conhecia esse roteiro.
    O nordeste todo é maravilhoso e possui paisagens magnificas.

  8. Lincoln Costa em 6 de agosto de 2019

    Parece um passeio ótimo, essa linda cidade maranhense!
    Anotado!
    ———
    https://www.rapeizedinamica.biz For digital entertainment and goood reading

Youtube

O que fazer em Paulino Neves e Tutóia MA?

Passeio em Santo Amaro Maranhão

5 Motivos para morar sozinha (o)

O jeito fácil de receber cartão de crédito

O processo da minha transição

Coisas que você deve saber antes de aderir às tranças

/ Siga me no @edyserraa